quinta-feira, 22 de novembro de 2012




Caí de seus braços
infinitamente
frágil.


Um comentário: