sexta-feira, 12 de março de 2010


Estive esperando por ti
E chegastes sorrateiro
De beleza radiante
Olhou-me nos olhos e disse:

Eis-me aqui nobre dama,
a ti entrego meu coração.

Pobre maldito!!
Mal sabe ele que serei a causa
de sua maior dor.
Negro é meu coração...
negro será tudo que por
minhas mãos tocarem.
Triste tormento de almas,
lamúrios decadentes de uma vampira.






Post podre e sem inspiração... dia ruim. Desculpe a falta de
criatividade.

Ahhh... sou eu na foto, só pra descontrair um poko.
Beijos aos que deixam aqui suas mordidas. ♥

5 comentários:

  1. Mordidas... rsrs
    Deixo aqui então minha mordida!
    Linda Vampira Laysha, apesar de enubrecer o que toca não precisa fazer penar o que se aproxima!
    Não sofras vampira, deixe-se viver apenas.

    Beijos de uma Anjo desolado!

    ResponderExcluir
  2. Olá Laysha
    Adoro seus poemas vampirescos.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. vim visitar vc laysha!! dia ruim e ficou bom assim?
    amei bjs to aqui neste blo ok!!!

    ResponderExcluir
  4. modestia sua, o poema tá bom, e a foto melhor ainda.

    tenha boa semana

    ResponderExcluir
  5. Exílimo como sempre.

    Que bom que gostou tanto de meus textos. Agradeço imensamente aos elogios.

    SAudações do Pierrot.

    ResponderExcluir