quinta-feira, 16 de maio de 2013





Breve por um instante,
cálida eternamente.
Levo apenas o que de bom
me deram,
sorvo aquilo que me acrescentou,
e da minha vida abomino àqueles
que por algum momento
me deram seu silêncio ou sua ausência.
Sou o calor do amor...
e o arder da paixão...
mas sou também o gelo
da indiferença, o silêncio
da solidão.







Retomando...  aos poucos.
Beijos sangrentos da Vampira Laysha.

Um comentário:

  1. Já estou te seguindo
    seu blog é maravilhoso, convido você e suas leitoras a conhecer meu blog
    http://toobege.blogspot.com.br/
    beijinhos

    ResponderExcluir