quinta-feira, 22 de outubro de 2009



Salva-me de mim mesmo..
da solidão que me deixastes,
do mal que me desejastes.
Salva-me de minha dor sentida
da angustia vivida,
do calor negado.
Joge-me logo no lodo do poço.
Tire-me a vida aos poucos...
pois medo da morte é algo que não tenho.
Salva-me.

3 comentários:

  1. ola laysha parabens pelo belo blog e pelo otimo conteudo estou retribuindo a visita e agradeçendo por vc estar seguindo meu blog eu tambem ja estou entre os seguidores do seu blog é uma honra para mim se voce quiser uma parceria eu adiciono o link do seu blog nos meus blogs favoritos e voce adiciona o meu link aqui na sua pagina obrigado qualquer coisa deixa recado no meu blog ou no meu livro de visitas saudaçoes morbidas e noturnas

    Sepulcro Gotico
    www.dorlagrimagoticomedieval.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Um poema rápido e excelente! Parabéns!

    ResponderExcluir
  3. parabens la e isso mesmo vampirinha agora e so ir adiconando os links de site que vc quiser e pedir para adicionarem o seu parabens, depois masi pra frente se quiser criar um banner o precisar d eajuda e so me procura se nao der para passar por aqui ajudo no msn com maior prazer bjss e otima noite

    ResponderExcluir